Pages

Monday, February 20, 2012

Brazilian Ceramic Art - Congresso e Salão Paranaense de Cerâmica

credito da imagem desconhecido/credit image unkwon

A cerâmica brasileira vive um momento crítico. Desde o início deste ano, estamos sob a ameaça da perda da única mostra dedicada exclusivamente à cerâmica: O Salão Paranaense de Cerâmica, que é realizado concomitante ao Congresso Nacional de Cerâmica de Curitiba.

No Brasil temos pouquíssimos eventos desta natureza e a perda de qualquer um deles, seria totalmente prejudicial para a contínua evolução da cerâmica de atelier, já que são iniciativas deste tipo que propiciam o intercâmbio de conhecimento, a troca de experiências com profissionais de outras regiões do país e até mesmo do exterior, contribuindo assim para os avanços técnicos e artísticos. Sem contar que o Salão Nacional de Cerâmica de Curitiba sempre teve verdadeira e sadia preocupação com a preservação de um espaço dedicado a Cerâmica Tradicional Brasileira.

No último dia 15 de fevereiro, houve um fórum de discussões com o objetivo de se fazer chegar ao poder público nosso enfático interesse na manutenção deste evento. A alegação de falta de recursos financeiros não é desculpa aceitável diante da importância destas realizações.

Segundo Gilberto Narciso, um dos ceramistas presentes, “...todos foram foram unânimes: abolir um evento de tradição porque o Estado não possui dinheiro é inaceitável.O modelo que se quer estabelecer de passar para a iniciativa privada a realização do evento é uma forma de lavar as mãos e deixar todos a ver navios. O que o Estado não sabe e aqueles que estão nos cargos responsáveis também não sabem é a importância que estes eventos tem para a classe ceramista. Eles não compreenderam o alcance deste movimento e isso terá que ser esclarecido”.

Uma comissão foi criada neste encontro do dia 15/02/2011 em Curitiba, que pretende redigir um documento que será transmitido a todos os ceramistas interessados do Brasil, e mesmo de outros países, que estiverem dispostos à serem solidários participando e contribuindo com esta mobilização. 

Esperamos contar com o apoio do secretário da cultura do Paraná, Sr. Paulino Viapiana, que diz que em sua gestão “haverá co­­municação e harmonia”. Que ele perceba a importância e a necessidade da continuidade destes eventos de sucesso, que ampliam a valoração das tradições, criam espaço para a diversidade de linguagens, identidade e criatividade de seu povo, incentivam o turismo e aumentam o crescimento econômico do Estado. Ou seja, tanto o Congresso, assim como o Salão Paranaense de Cerâmica contribuem para o desenvolvimento integrado da sociedade, extirpá-los seria um grande retrocesso social e cultural para o Paraná e para o Brasil.

O ceramista, Gilberto Narciso, fará constantes posts referentes a este tema em seu blog. 
Vamos acompanhar e apoiar.

-------------------- 

The Brazilian Ceramic Art lives a critic time. Since the beginning of 2012, local artists are under the thread of loosing the single exhibition dedicated solely to ceramics. 

The Salão Paranaense of Ceramics and its parallel event, the “Curitiba National Congress of Ceramics”.

Brazil has a few exhibitions dedicated to exclusively to Ceramics and the loose of any of them is extremely bad to the continuous evolution of ceramic art. 
The change of knowledge, experience and techniques with between locals and even foreign artists are a driver that contributes to technical and artistic improvements. 

Never less, the Salao Nacional de Ceramica de Curitiba always had the real and wealthy objective to preserve the Traditional Ceramic Brazilian.

An open forum happened in February, 15th, with the objective to address to government agents our strong intention to maintain the exhibition. 

The lack of budget allegation said by local mayor emissary is not an acceptable excuse, under the importance of the event. 

According Gilberto Narciso, one of the artists that attended to the open forum, the excuse that the state will cancel the exhibition because there is no budget; is inacceptable by unanimity and was promptly rejected. 

The model that they want to impose is to delegate to private hands the event. It s a way to “wash the hands” (Like Pontius Pilate did). 
Gilberto said: “What the governors and agents do not know is about the importance of this kind of event to the ceramic artists. They don’t realize how important an exhibition can be to divulgate and promote it and this action must be explained.

A commission was created during the open forum that happened on February 15th, at Curitiba, Brazil. They intend to write a statement that will be sent to all Brazilian ceramists and foreigners that would like to join against this decision. And try to sensibilize the Curitiba City Council of Culture and Art (Secretaria da Cultura), trough to Mr Paulino Viapiana, the Secretary of Culture.

If you would like to follow this matter, I recommend Gilberto´s blog, gilbertonarciso.blogspot.com where you will find more information, in Portuguese.


2 comments:

  1. Acácia, obrigada pelas informações!!!

    ReplyDelete
  2. Lamento la situació, encara que no et serveixi de consol, et diré Acàzia que és molt similar a la de tot arreu, la ceràmica és poc compresa, sort n'hi ha d'individualitats que hi senten passió i treballen per mantenir-la.
    Espero que tot vagi bé i pogueu mantenir el Saló Paranese de Ceràmica.

    ReplyDelete

Obrigada por deixar seu comentário!
Thank you for your comment!