Pages

Monday, May 28, 2012

Dia do Ceramista


O ceramista diariamente experiência entre as mãos a metáfora da gênese da criação, e aprende. Da água e seus vapores, a adaptabilidade, que possibilita o abrir asas da imaginação para dar forma a terra. A gravidade é como que elevada pelo calor, pelas chamas. Ceramistas caminham entre os segredos das energias mutantes. O pote... A terra... Amassada, marcada, inscrita e mística, que se revela aos olhos telescópicos da alma.

Curiosa a posição dos ceramistas na sociedade... Todas as questões tecnológicas sempre estiveram envolvidas na cerâmica. Porém, seus processos são ancestrais. E ainda hoje, é a cumplicidade com o fogo que inspira curiosidade. Na solitude o ceramista instiga metamorfoses em minérios que revivem as antigas fusões geológicas, recobrindo suas peças com o véu alquímico e poético de cristalizações vítreas.

Os potes de cerâmicas emolduram o vazio, mas é com o corpo que percebemos a boa cerâmica. Poema tátil, não encerra em si sentido único, oferece espaço para apreciação, reinvenção e utilidade. A cerâmica revela as mãos e o coração de quem a oferece 
e de quem a recebe.

Alma que reivindicou forma, a cerâmica guarda os perfumes da terra, tendo antes sido barro humilde entregue as mãos do ceramista. Este, outro grão de areia na composição do universo, oferece seu melhor.

Aos amigos ceramistas, parabéns e lindas inspirações, hoje e sempre! Ao trabalho! ;)

Acácia Azevedo
Vinhedo, SP.


Utsuwa and hashioki


Tigela e suporte para hashi
Bowl and sticks support







Friday, May 25, 2012

Pot and quote



Gas fired, 1300ºC.


"Clay and wheel, they teach us." 

"Argila e torno, eles nos ensinam."

Shoji Hamada

Tuesday, May 22, 2012

Friends


anagama fired



Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

Oscar Wilde


I choose my friends not by their skin or other archetype, but by the pupil.
They have to have questioning shine and unsettled tone.
I'm not interested in the good spirits or the ones with bad habits.
I'll stick with the ones that are made of me being crazy and blessed.
From them, I don't want an answer, I want to be reviewed.
I want them to bring me doubts and fears and to tolerate the worst of me.
But that only being crazy.
I want saints, so they dount doubt differences and ask for forgiveness for injustices.
I choose my friends for their clean face and their soul exposed.
I don't just want a man or a skirt, I also want his greatest happiness.
A friend that doesn't laugh together doesn't know how to cry together.
All my friends are like that, half foolish, half serious.
I don't want forseen laughter or cries full of pity.
I want serious friends, those that make reality their fountain of knowledge, but that fight to keep fantasy alive.
I don't want adult or boring friends.
I want half kids and half elderly.
Kids, so they don't forget the value of the wind blowing on their faces and elderly people so they're never in a hurry.
I have friends to know who I am.
Then seeing them as clowns and serious, crazy and saints, young and old, I will never forget that 'normalcy' is a steril and imbecil illusion.

Oscar Wilde.





Saturday, May 19, 2012

Short drinks




Os decalques foram aplicados nas peças ainda em ponto de couro.
Os motivos dos decalques são inspirados em xilogravuras da literatura de Cordel.

Esmaltes transparentes com base feldspática e pequena porção de zinco.
O verde é colorido com 1% de cobre, e o azul 1,5% de óxido de cobalto.
Ambos foram queimados em forno elétrico, 1240ºC.




At leather-hard the decals were applied.
The motifs are inspired by the typical printing, with wookblocks,
from the Cordel literature.

Feldspar based transparent glaze, with small amount of zinc.

The green is colored with 1% copper, and blue 1.5% cobalt oxide.

Both were fired at electric kiln, 1240°C.



Tuesday, May 1, 2012