Thursday, January 21, 2021

Inspiração: Engobes!

O engobe é uma argila líquida, também conhecida como barbotina, muito utilizado como recurso na decoração de peças. E também, por questões técnicas, para o ajuste entre massa e vidrado na indústria, por exemplo.

Os engobes podem ser naturais, quando o artista se utiliza da palheta de cores fornecida pelas possíveis e diversas colorações de argilas. Ou, pode receber óxidos metálicos, para a obtenção de diferentes cores, além de fundentes, que ajudem a melhor fixação do engobe na peça. Apesar de poder ser formulado, o engobe não impermeabiliza a peça como um vidrado (ou esmalte). Seu ponto forte é a criação artística, ao possibilitar expressão, criação e personalidade para o  ceramista.

Historicamente os engobes são antecessores dos vidrados. Muito utilizados pelos egípcios, gregos, romanos, tendo se expandido no século XVIII pela Inglaterra e restante da Europa. Sendo antes disso, forte registro nas cerâmicas pré-colombianas e na cultura indígena brasileira.

     
WAURA – Engobe vermelho, misturado com urucum antes da queima, e a após a queima soma-se urucum com óleo de pequi em desenhos em marrom vegetal.
Fonte: https://br.pinterest.com/pin/573646071260553219/ 
Acesso em 24.04.2021


Nas culturas indígenas brasileiras, são feitos com argilas naturais de colorações variadas, ou com a adição de óxidos metálicos advindos de minérios, e sendo mais habitual a composição com corantes vegetais. Tais como, o jenipapo ou pau santo que oferece o preto, o carmim do urucum que se faz misturando óleo de babaçu e outros. E são as resinas, como a de pau de angico ou da árvore de acácia, que fornecem os envernizadores, conferindo brilho às peças.

ASURINE - Vermelho e preto em fundo amarelo, coberto por resina de jatobá. Recomento a leitura do link que se segue.
Fonte: http://unespciencia.com.br/2018/02/01/ceramica-93/
Acesso em 24.04.2021

A criação de padrões e símbolos que remetem ao cotidiano, ao mágico e as histórias desses povos indígenas e nossa ancestralidade, podem conduzir o ceramista brasileiro para além da visão eurocêntrica. Em que nossa personalidade e nossa maneira de ver o mundo se expressem. Os engobes, na cerâmica brasileira, estão relacionados as queimas tradicionais de baixa temperatura. No entanto, na atualidade, não há limites com os recursos técnicos que dispomos. Os engobes são uma riqueza e inspiração da/na arte cerâmica brasileira.

Quer levar? Lembre de citar! 

AZEVEDO, Acácia. AA Ceramic Studio. Engobes: Inspiração! 2021. Acesso em: dia.mês.ano. copie e cole o link aqui.

Obrigada!

Acácia Azevedo 

No comments:

Post a Comment

Obrigada por deixar seu comentário! Ele aparecerá em breve!
Thank you, your comment will show up soon!